gloria pires (4)

Simplesmente Glória

Por Marisa Abel

Uma das atrizes de maior sucesso da TV Brasileira nos brinda com uma entrevista exclusiva com pitadas da vida pessoal e um resumo da sua carreira de quase meio século!

Linda, talentosa e com um carisma que conquista a todos, Glória é do tipo de atriz que se fizer boazinha ou malvada todo mundo vai amar, isso vem da paixão que tem por seu trabalho, pois ela representa com alma, amor e muita dedicação.

É responsável por representar marcantes personagens e segundo o portal UOL, duas de suas vilãs stão na lista das quinze maiores vilãs de novelas, são elas as inesquecíveis Maria de Fátima, de “Vale Tudo” e Raquel de “Mulheres de Areia”. Impossível falar da carreira de Glória sem destacar estas duas grandes personagens que marcaram uma geração e também a vida profissional desta talentosíssima atriz, mas vamos começar do princípio!

gloria pires (7)

Este ano Glória completa 54 anos de vida, e nada menos que 49 de carreira, isso porque foi aos 5 anos de idade que ela iniciou sua trajetória na vida artística como Glorinha na novela “A pequena orfã”. Depois de diversos papéis na TV seu grande destaque e reconhecimento nacional se deu na novela Dancin’ Days de Gilberto Braga, na qual ela representou Marisa, que lhe garantiu o Troféu APCA como atriz revelação. De lá para cá foi um sucesso atrás de outro, muitas vilãs, mocinhas e mulheres guerreiras que fizeram história nas terras tupiniquins.

Por seu trabalho, tanto na televisão como no cinema ela vem colecionando troféus e prêmios, além de muito prestígio. Confira a nossa entrevista com a atriz que é simplesmente uma glória!

Raquel (Gloria Pires)

Raquel (Gloria Pires)

Alô Você Magazine: A sua vida toda foi praticamente diante das câmeras. Se pudesse fazer um trailer com os momentos mais marcantes da sua carreira, quais você escolheria?
Glória Pires: “Dancin’ Days”; “Índia”; “A Filha Do Sol”; “Vale Tudo”; “Mulheres De Areia”; “Memorial de Maria Moura”; “O Quatrilho”; “Se Eu Fosse Você” (1 e 2); “Lula, O Filho Do Brasil”; “Flores Raras”; e “Nise, O Coração Da Loucura”.

Alô Você Magazine: Se você pudesse voltar no tempo e dar um conselho a você mesma, quando era adolescente, qual seria?
Glória Pires: Não se leve tão à sério.

Alô Você Magazine: Me chamo Marisa por causa de um personagem que você representou em Dancing Days em 1978. Quando você aceita um papel você imagina a diferença que ele vai fazer na vida de alguém?
Glória Pires: Nossa! Que legal! Olha, além do personagem, me interesso pela mensagem do projeto e de que forma aquela obra pode tocar a quem assiste.

Alô Você Magazine: Ultrapassar os próprios limites é a meta de muitos atores, esportistas profissionais… qual o desafio que você, como atriz, gostaria de enfrentar neste estágio da sua carreira?
Glória Pires: Os desafios são sempre bem-vindos! Tenho alguns projetos em andamento, aos quais estou me dedicando bastante. Espero poder falar deles em breve.

Ruth (Gloria Pires)

Ruth (Gloria Pires)

Alô Você Magazine: Aqui nos EUA milhares de pessoas deixaram suas vidas do Brasil para tentar o sonho americano e muitas passam por momentos difíceis de adaptação. Você já morou fora do Brasil, como foi para você se adaptar e como foi retornar?
Glória Pires: Foram duas experiências muito importantes, que pude ter junto com minha família, aprendendendo novas culturas. Minha família é o meu País!

Alô Você Magazine: Existe algum papel que você tenha um carinho especial? Qual?
Glória Pires: Minha experiência de vida está intimamente ligada à minha experiência profissional. A primeira vez que entrei num estúdio, eu tinha 4 anos! Tudo foi e é especial, cada parte desse caminho.

Juíza (Glória Pires)

Juíza (Glória Pires)

Alô Você Magazine: A cada dia a vida nos ensina algo diferente de pessoas que nem imaginávamos que fossemos aprender algo. Qual foi a lição mais impactante e inesperada que você aprendeu e de quem foi?
Glória Pires: Mahatma Gandhi: “A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável”.

Alô Você Magazine: Quais suas ambições profissionais e pessoais no momento?
Glória Pires: Quero continuar participando de projetos desafiantes e seguir diversificando meu repertório cênico.

gloria pires (1)Alô Você Magazine: Você já teve a oportunidade de viver vilãs e mocinhas, heroína e pessoas comuns. De todas as personagens que viveu o que carrega delas na vida pessoal?
Glória Pires: Nada! Guardo alguns objetos cênicos e figurinos, apenas como lembrança.

Alô Você Magazine: Atuar é mergulhar em um mundo diferente do nosso, como você trabalha esse processo da realidade pra ficção e de volta para realidade?
Glória Pires: Cada obra tem uma particularidade. Mas de qualquer forma, quando atuo, mergulho fundo em mim mesma, buscando experiências que me aproximem da personagem. Cada personagem tem uma necessidade ou característica determinante. É um momento de criação, a partir do que o autor assinala.

Alô Você Magazine: Cada novela ou filme é também uma nova família que se cria e em um determinado momento o convívio diário acaba. Como você lida com partidas e chegadas?
Glória Pires: No início era difícil. Sofri muitíssimo com o término de “Dancin’ Days”… Parecia um momento perfeito na vida, sabe? Um banzo terrível!

Alô Você Magazine: Você pode dar uma pitada da sua vida pessoal para os nossos leitores, como o que gosta de fazer nas horas vagas, se pratica esportes e quais músicas gosta de ouvir?
Glória Pires: Eu venho aprendendo a encontrar tempo para mim. A leitura é um prazer que nunca abandono completamente. A leitura me conecta comigo mesma.

gloria pires (3)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>