mabel Leipzig (2)

Dicas da Mabel: Distrito Musical da Europa – Leipzig

Mabel 41Estive em terras germânicas recentemente e amei a experiência. Os prédios históricos, paisagem ímpar e muita diversão combinada com conhecimento, assim fora os 10 dias que passei entre Leipzig, Berlim, Erfurt, Gera e Potsdam! Tem muitos lugares para conhecer e muitas atrações para visitar, para que você possa aproveitar bem recomendo que divida a sua viagem e se programe para aproveitar tudo! Eu pretendo voltar em breve para conferir o que o tempo curto de viagem não me permitiu!! Divido com vocês um pouquinho de cada cidade, nesta edição vou falar de Leipzig!

Leipzig

Histórica e linda, a Lípsia (Leipzig) foi fundada no século XII e hoje é a décima mais populosa da Alemanha. A cidade respira arte e cultura, pois foi um importante centro cultural e de música da Europa, teve como ilustres moradores Johann Sebastian Bach, Robert Schumann, Richard Wagner, dentre outros. Goethe, escritor alemão, estudou na Universidade de Leipzig.

Foi nesta cidade que em Outubro de 1813 o exército francês liderado por Napoleão Bonaparte foi derrotado pelos exércitos da Rússia, Prússia, Austria e Suécia na conhecida Batalha das Nações. Outro episódio importante na história mundial foi a grande manifestação pacífica ocorrida também em Outubro, mas desta vez em 1989 que teve significativa importância na queda do muro de Berlim, ou seja, a queda do Governo Comunista.

mabel Leipzig (6)

Existem muitas coisas boas pra fazer na cidadela baixo algumas que eu pude experimentar.

O que fazer:

  • Visitar o Monumento das Batalhas das Nações, além de lindo e histórico a vista lá de cima é maravilhosa. Mas prepare-se, pois são 500 degraus de escada!!!!
  • Christmas Market, se você se planejar para ir no inverno, na temporada de Natal, vai aproveitar essa feira ao ar livre que é uma delícia. Além de poder conversar com as pessoas você ainda pode saborear o Gluehwein (similar ao vinho quente das Festas Juninas do Brasil) o Sauerkraut (no Sul do Brasil conhecido como chucrute), deliciosos chocolates e crepes!!! Ah, e comprar muito souvenir!
  • Tomar café (que mais parece um almoço) no MusikPavillon localizado dentro do Clara-Zetkin Park. O atendimento é ótimo, o café gigante e o ambiente uma gracinha! Só de pensar que Johann Sebastian Bach frequentava esse parque e seu local preferido era pertinho do MusikPavillon já é uma satisfação!
  • Ballet de Leipzig, no qual meu querido amigo, o bailarino brasileiro Marcus Vinicius, que já foi entrevistado na edição 3 da nossa revista, faz parte do elenco! Encontrei Marcus no Christmas Market que fica na frente do teatro e além de matar a saudade e muita conversa boa ele me contou que hoje outros 6 brasileiros integram o Ballet da cidade que é um dos mais famosas do mundo.
  • Passear pelas ruas que um dia foram percorridos por Bach no bairro conhecido como o Distrito dos Músicos. As casas são bem tradicionais e históricas e as ruas possuem nome dos músicos, escritores e autores famosos no mundo todo até hoje.
  • Na frente da Ópera da cidade (Orquestra Gewandhaus) existe a praça na qual aconteceu a manifestação que reuniu mais de 70 mil pessoas em uma revolução pacífica contra o governo comunista.
  • Caminhar no Clara Park!
  • Tomar cerveja em uma das dezenas de bares da cidade! Eu bebi cerveja até no trem, pois diferente da maior parte das cidades americanas que você não pode tomar bebida alcoólicas nas ruas, lá pode! Fui em vários, destaque para Brauhaus An Der Thomaskirche, no Spizz e curtir uma baladinha no L1.
  • Falcon é um bar super caro, mas com uma vista incrível! Vale a pena ir lá para um drinque

Lembre-se, se for beber não dirija e beba com moderação

mabel Leipzig (5) mabel Leipzig (4) mabel Leipzig (1) mabel Leipzig (3)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>