capa bella falconi 201810 (1)

Bella Falconi: Wonder Woman das Mídias Sociais

A nutricionista e coach Bella Falconi é sucesso nas mídias sociais e exemplo de dedicação, trabalho e conquistas obtidas com muito esforço e comprometimento.

Sucesso vem para quem tem talento, disciplina, determinação e “arregaça as mangas” para fazer o sonho virar realidade, assim podemos definir um  pouco da nutricionista e coach Bella Falconi, que conquistou seu espaço nas mídias sociais e hoje possui 3,7 milhões de seguidores no Instagram e outros 75 mil inscritos no seu canal do YouTube, no qual dá dicas superimportantes de exercícios, nutrição, uma pitada de beleza e entrevistas deliciosas com diversos profissionais que estão relacionados com saúde e estilo de vida. Bella também é palestrante e autora do livro “Quem Tocou Minha Vida?”, no qual fala seu encontro com a fé e com Jesus. Em entrevista exclusiva para nossa revista a musa e uma das “influencers” mais badaladas do Instagram conta sobre seus desafios, conquistas, maternidade e seus gostos pessoais. Confiram a seguir!

capa bella falconi 201810 (5)

Alô Você magazine: Com um impressionante número de mais de 3 milhões de pessoas, você é hoje uma das “digital influencers” mais badaladas do life coach e nutrição. Como iniciou tudo isso?

Bella Falconi: Eu comecei a usar o Instagram como filtro para as fotos que publicava no Facebook, visto que na época não tinha aplicativos legais para edição de fotos. Então, eu não achava que a ferramenta era uma rede social. Em 2011, sem pensar na repercussão que teria, publiquei minha primeira foto, na qual retratava minha mudança física, assim comecei a dar meus primeiros passos como influencer. Na época, o Instagram ainda não era tão forte no Brasil quanto nos Estados Unidos, mas pelo fato de morar lá, tive essa facilidade. Foi tudo muito orgânico. Em 2012, já tinha uns 500 seguidores e achava muito! A cada publicação, a base de seguidores crescia e, aos poucos, percebi que estava sendo uma inspiração para um estilo de vida mais saudável. Foi nessa época, que notei que precisava acrescentar mais conteúdo às imagens, e passei a incluir textos motivacionais, dividir minha rotina, meus sofrimentos, dificuldades… Eu sempre sou muito verdadeira com meus seguidores, gosto de passar a imagem real, quem eu sou, seja a parte boa ou ruim. E eu fico muito feliz e transbordo gratidão por receber o carinho dos seguidores, e ler relatos de pessoas que mudaram seus hábitos e hoje dão mais valor à saúde, tanto do corpo quanto da mente. Eles me ajudam a buscar o melhor de mim. E é isso que importa, estarmos felizes com nós mesmos, cuidar mais do nosso bem-estar e ser você mesmo, independente de padrões impostos pela sociedade.

capa bella falconi 201810 (4)

A.V.M.: Você passou pela segunda gravidez e posa sempre muita felicidade. A segunda gestação foi mais fácil que a primeira? Conta pra gente sua emoção de ser mãe e estar á espera de uma nova estrela na sua vida.

B.F.: A gravidez da Stella foi bem mais tranquila do que na primeira no quesito ansiedade, pois nada era mais mistério e tão novo assim para mim. Além disso, estava tudo bem mais corrido pelo fato de já ter uma filha para cuidar e isso me fez inclusive ganhar menos peso que na primeira vez (que ganhei quase 16 kg e dessa vez 8). Eu  também treinei um pouco menos nessa gravidez. Estou passando por cima de cada etapa com muita sabedoria. O corpo e a imagem valem muito pouco perto da benção que é gerar uma vida. Tudo se encaixa com o tempo, é só viver um dia de cada vez.

A.V.M.: Ser Coach é estar sempre com pensamento positivo e com mente aberta, já ser modelo de estilo de vida saudável requer muitos cuidados com a imagem. Essas exigências todas impõem alguma pressão no seu dia a dia?

B.F.: Meu maior desafio hoje é impactar positivamente a vida das pessoas que cruzam o meu caminho. Recebo o carinho diário dos meus seguidores e esse feedback é um incentivo para eu me reinventar e continuar a investir em minha carreira, em meus estudos. Quando vi que o meu perfil estava crescendo, e que estava me tornando uma inspiração para outras pessoas, busquei me especializar e cursei nutrição para falar com propriedade sobre saúde e não cair em “falsas” dicas, que poderiam prejudicar alguém. Me sinto responsável pelo que é compartilhado com eles e quero sempre dar o meu melhor. Gosto de lembrá-los que não é preciso ter uma barriga sarada ou ficar 24 horas na academia. O que importa é ter saúde, uma vida equilibrada, sem pressões, respeitando-se, pois as críticas surgirão de uma forma ou outra. Se sua saúde está bem e você gosta do que vê no espelho, está tudo certo.

capa bella falconi 201810 (2)

A.V.M.: Muitas pessoas querem ter a oportunidade de estudar em uma universidade americana, mas poucos sabem das exigências para ser aceita. Conte como foi o seu processo de ingresso na Kaplan University (Florida) e como foi seu período de estudos e adaptação aqui nos EUA.

B.F.: Eu sempre sonhei em estudar nosEUA e realmente não foi fácil. Tive que me dedicar muito a esse sonho. Já passei muito “perrengue” na América do Norte, mas tudo valeu a pena. Eu já falava inglês razoavelmente bem quando cheguei em 2007, isso ajudou. Mas o processo para entrar na faculdade foi superburocrático, mesmo porque eu não fiz high school nos EUA. Mas consegui trazer alguns dos meus créditos da faculdade do Brasil (cursei direito quase até o final) e o meu diploma de inglês, que tirei em uma escola do Brasil. Foram quase quatro anos, mas cada segundo valeu muito a pena! Não meço esforços quando o assunto é estudo.

A.V.M.: As mídias sociais mudaram o cenário de exposição de imagem e possibilitou muita gente ter seu espaço sem necessitar da TV. Para você o qual foi a maior transformação na carreira através das mídias sociais?

B.F.: A rede social dá acesso direto ao público. Creio que nesse tipo de mídia nós podemos ser exatamente quem somos, mas não existe produção, não existe diretor, não existem ponderações. Exatamente isso que aconteceu comigo! Desde o primeiro dia eu sempre fui eu, nunca fui nenhum tipo de “personagem” e nunca fingi ser nada daquilo que não era. A genuinidade e espontaneidade deveriam ser as principais marcas da rede social, e eu sempre me assegurei de focar nas duas coisas. Como profissional da saúde, eu consigo compartilhar meu dia a dia com os meus seguidores e ao mesmo tempo posso me embasar em artigos e nos meus estudos. A rede social me permitiu unir a ciência com a experiência e transmitir isso de forma clara e objetiva ao meu público.

capa bella falconi 201810 (3)

A.V.M.: Você é motivação para muita gente que deseja mudar o estilo de vida e viver de maneira mais saudável, porém para todo principiante é difícil começar o processo. O que você sugere para os primeiros (e mais complicados) dias?

B.F.: Eu acredito que dar o primeiro passo seja o maior passo. Quando entendemos quais são as nossas prioridades, tudo fica mais claro e mais nítido na nossa mente. Não adianta a gente tentar dar um passo maior do que a nossa perna. Importante entender que a genética conta muito! E, obviamente, cada um tem a sua própria agenda, seus compromissos, suas obrigações… nem todo mundo tem acesso as mesmas coisas. Portanto, não dá para nos compararmos com outras pessoas e sim focarmos nos nossos objetivos pessoais partindo do ponto de partida correto que é a nossa realidade existente. É importante ter paciência e perseverança e entender que, no final do dia não é sobre a imagem, mas sobre a saúde. Esse é o nosso bem mais valioso. Preguiça todos nós temos, mas quando engrenamos na atividade física, as coisas passam a ser mais prazerosas, mais naturais e automáticas. Ninguém nasce gostando de nada, aprendemos a gostar com os nossos hábitos.

A.V.M.: Como a fé mudou sua vida?

B.F.: A minha fé mudou minha vida completamente! Eu sempre digo que a fé e otimismo andam lado a lado, embora a fé esteja num patamar muito mais elevado do que o otimismo em si. Porque a fé é um dom de Deus, não é nosso. E só conseguimos desenvolvê-la com ajuda de Deus. Em minhas orações eu sempre peço a Deus que aumente a minha fé, porque eu sei que sem ela é impossível prosperar e é impossível agradar a Ele. A fé nos coloca em um nível de existência privilegiado e nos faz enxergar aquilo que não temos como se já fosse nosso. Isso muda a vida de qualquer pessoa pra melhor!

Engajada socialmente em temas como maternidade, moda, beleza, viagem, lifestyle e, claro, saúde, a gente gostaria de suas dicas rápidas para cada um destes tópicos, por isso vamos fazer um “Bate bola” no qual você define com algumas palavras o que cada um destes tópicos representa para você.

A.V.M.: Moda.

B.F.: Acho bacana, mas sou democrata nesse aspecto, creio que cada um está no direito de fazer a sua. Não há regras.

A.V.M.: Beleza.

B.F.: Estado de espírito.

A.V.M.: Melhor viagem?

B.F.: Tailândia.

A.V.M.: O que não pode faltar na mala?

B.F.: Roupa de ginástica.

A.V.M.: Saúde.

B.F.: Nosso bem mais valioso.

A.V.M.: Importância do Coaching para cada um?

B.F.: Somos indivíduos vivendo num coletivo. Receber direcionamento de alguém que enxerga nossa vida pelo lado de fora é proveitoso, pois muitas vezes ficamos presos dentro de traumas, nos sentimos incapazes e nos apoderamos do fracasso como se ele fosse um pedaço de nós. O coaching nos dá a oportunidade de descobrirmos novas possibilidades usando aquilo que já temos e nos permite crescer sendo quem somos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>