eliseu caetano gente news 201810 (3)

Eliseu Caetano: Ele é Multiuso

Depois de ficar conhecido na comunidade brasileira nos EUA por apresentar o programa “Planeta Brasil”, Eliseu Caetano não para e agora o jornalista mira a internet!

Ele ficou conhecido na nossa comunidade no fim de 2013 quando foi escalado para apresentar o programa Planeta Brasil e as versões da festa “Brazilian Day NY” para a globo internacional. Depois de 3 temporadas a frente do programa brasileiro de maior sucesso no exterior, decidiu fincar os pés na América e atualmente, além de ser correspondente do jornalismo do SBT, ainda apresenta um programa diário em uma rádio do estado de Massachusetts. E Eliseu Caetano quer mais: agora vai mergulhar na internet. Confira agora o nosso bate-papo exclusivo com o apresentador que tem a cara da nossa comunidade.

Alô Você Magazine: PRIMEIRO VEIO A TELEVISÃO, AGORA ESTÁ NO AR NA RÁDIO, A INTERNET ERA O QUE FALTAVA NÉ?

Eliseu Caetano: Risos. Sim. TV é o meu terreno… já fiz de tudo um pouco nas redações por onde passei… e continuo fazendo aqui nos EUA como correspondente do jornalismo do SBT. A rádio foi uma loucura! Cobri férias de um radialista numa rádio local por menos de um mês há um tempo e quando o Walter Medeiros (CEO do Grupo Negócio Fechado) me chamou para uma vaga fixa, num programa de sucesso e que existe há mais de dez anos na mesma rádio e no mesmo horário nem pensei duas vezes, pulei de cabeça. Mas ainda tô aprendendo. É um exercício diário entre fazer o que sei e quero para aquilo que o ouvinte espera e quer de mim. Mas tenho humildade de entender isso e tento aprender rápido.

Já na internet sempre rolaram convites, muita gente me chamava para projetos, mas que não tinham minha cara; muita gente me perguntava porque eu não tinha o meu próprio canal no YOUTUBE etc… mas era tudo sabe? Falta de tempo com falta de idéias legais e vontade. E agora rolou! A turma da NATIVA CREATIVE STUDIO que está fazendo muita coisa bacana na nossa comunidade me chamou pra conversar e mostraram o projeto. A idéia não é ser um canal do Eliseu Caetano, mas um canal de um grupo de amigos que quer viajar e mostrar esse país incrível e as muitas particularidades para o nosso povo, mas com uma pegada diferente, mais jovem, com uma linguagem clara e simples e ao mesmo tempo moderna e bem produzida.

A.V.M.: COMO VAI SER ESSE PROJETO?

E.C.: O MILHADOS é um programa feito pro YOUTUBE. A idéia é contar o que rola nos EUA não só para brasileiros, mas que muitas vezes nós nem sabemos. Aquela festa bacana no nosso bairro, o passeio turístico, as festas legais, claro que também vou aproveitar para usar minha expêriencia com reportagem e vou entrevistar celebridades, personalidades. Inclusive o primeiro programa foi gravado com o Eduardo Kobra, brasileiro que ficou famoso no mundo inteiro por sua arte, ele faz graffiti em tudo que é canto.

A Nativa Creative Studio participa de todo o processo. Criação, produção, edição e finalização do MILHADOS. Como disse: somos um time querendo se divertir e mostrar isso para a nossa comunidade. E eu não vou apresentar sozinho não. A ativista social Andrezza Moon, que é bem conhecida em Massachusetts, vai se dividir comigo na missão. Ela que é super underground, cabelos azuis, descolada e vai trazer pro MILHADOS um olhar diferente certamente.

A.V.M.: PARA QUEM AINDA NÃO TE CONHECE, COMO VOCÊ COMECOU A CARREIRA?

E.C.: Na TV comecei super cedo. Com 18 anos já era estagiário da RedeTV. Lá foi minha grande escola. Passei pela apuração/Rádio-escuta, produção, produção executiva, chefia de reportagem, chefia de redação, edição e repórter. Fazer matérias na rua que sempre foi meu sonho, queria mudar o mundo, ajudar as pessoas e o reconhecimento dos profissionais da área me levaram até outros veículos. Fui repórter da TVE/TV BRASIL, SBT, e GLOBO Rio. Por fazer jornalismo comunitário acabei sendo convidado para integrar o time da edição 2014 do Planeta Brasil e aí tive que recomeçar minha carreira, só que aqui. E foi meu presente de DEUS. Fui recebido com tanto carinho pelo nosso povo. E até hoje, DOIS ANOS DEPOIS de sair do programa, ainda recebo mensagens de telespectadores pedindo minha volta e dizendo que eu sou a cara do programa.

A.V.M.: PORQUE SAIU?

E.C.: Por vários fatores, mas o principal: eu ia casar e voltar a morar no Brasil com ela. O casamento não rolou, mas como tava bem aqui, decidi ficar. Aí veio convite de uma rádio brasileira pra ajudar eles a criar uma WEBTV, depois formatei um telejornal diário, com exibição nacional, ao vivo e em português pela DISH NETWORK em seguida o SBT e na mesma época o THE PORTUGUESE CHANNEL.  Não tinha como não fixar moradia aqui depois de tantos – e bons – convites.

A.V.M.: E O BR DAY NYC, SENTE FALTA DE FAZER?

E.C.: Gente, eu fico feliz abeça quando TODO SANTO ANO as pessoas mandam mensagens perguntando se eu vou estar lá com elas. Se vou fazer o programa especial pro canal internacional da Globo. Vem recados até de brasileiros em outros países, já que as 3 temporadas que apresentei eram veiculadas em 112 países. Respondendo: CLARO QUE SINTO. Mas a vida segue né?

A.V.M.: COMO LIDA COM O FATO DE SER UM DOS JORNALISTAS MAIS QUERIDOS DE NOSSA COMUNIDADE NOS EUA?

E.C.: Vishhhhh aí vocês que tão dizendo, pra mim minha vó isso é verdade (risos). Agora falando sério: acho que o programa que fiz me deu isso sabe? Me trouxe já de um jeito que as pessoas sabiam que para apresentar na Globo não pode ser qualquer um. Tem que ser profissional, ter estrada… não é apenas uma questão de vontade. Hoje eu vejo gente aqui que quer trabalhar na TV, que sonha em ser apresentador e eu falo para não desistir. Mas tem que estudar, tem que aprender sobre ética e tem que ter mais do que vontade ou talento, entende? Talvez por isso muitos empresários daqui ainda me chamam para ser garoto-propaganda de suas empresas. Sabem que vão estar alinhando a imagem que querem com um cara legal, profissional de verdade e, porque não, querido pela nossa gente. Eu me sinto MUITO honrado.

A.V.M.: PENSA EM VOLTAR PRO BRASIL?

E.C.: No momento não. É claro que saudade a gente sempre sente. Do colo da familia, dos amigos e tals. Mas tenho me sentido em casa na América e estou vivendo, respeitado e cuidando disso.

A.V.M.: SBT, THE PORTUGUESE CHANNEL, RÁDIO E AGORA O MILHADOS NA WEB, COMO CONSEGUE FAZER TANTA COISA AO MESMO TEMPO?

E.C.: Olha nem eu sei te responder isso. Acho que a ocasião sabe? Rolou de ter vários projetos simultaneamente nas mãos e eu fui topando. Claro que junta grana, com as viagens, com a vontade, com pessoas interessantes. O SBT era um lugar que eu já conhecia, fui convidado e sou muito respeitado lá. Eles entendem minha agenda aqui e a gente vai dando um jeitinho de conciliar. O The Portuguese Channel eu gravo por temporada. Aquilo que a turma vê em 3 meses eu gravo em 30 dias. A Rádio 1360am não. Lá o bicho pega! o Programa Negócio Fechado é diário e ao vivo.  Todo dia de tarde tenho que estar no estúdio. E também estou colaborando com notícias da Nova Inglaterra uma vez por semana pro jornal CBTV News da CBTV na Flórida, que alias é apresentado pelo meu ídolo Vandrey Pereira, de quem fui companheiro na Globo Rio. E agora o MILHADOS vai ser gravado nas minhas andanças por aí, queremos mostrar o brasileiro aqui de um jeito que ainda não fiz, humanizando, com as alegrias e as dificuldades também. Inclusive as minhas, já que teremos imagens dos bastidores. Se eu tiver cansado vocês vão ver, se eu tiver empolgado, vai sobrar até pra turma da NATIVA CREATIVE.

A.V.M.: ESTÁ FALTANDO MAIS O QUE PRA VOCÊ FAZER AQUI?

E.C.: Muita coisa! acredite! ainda não fui capa da Alô Você Magazine, por exemplo (fala entre risos).

  • SERVIÇO: MILHADOS
  • TODA QUINTA NO CANAL:
  • YOUTUBE.COM/MILHADOS
  • IG: @MILHADOS
  • REDES SOCIAIS:
  • IG: @eliseu_caetano
  • FACEBOOK:
  • facebook.com/eliseucaetanooficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>