Young sport man with strong athletic legs holding knee with his

Ai, deu câimbra!

Entenda o que é esse espasmo doloroso e como preveni-lo

Pelo menos uma vez na vida já tivemos essa sensação dolorida em algum músculo, muitas vezes depois de praticar uma atividade física. Você não consegue prevê-la, mas a câimbra pode acontecer a qualquer momento. Para saber como aliviar a tensão, é preciso entender o que está acontecendo em seu corpo.

A câimbra é uma contração involuntária e dolorosa de um músculo ou grupo muscular que dura alguns segundos ou minutos. Ela afeta a população em geral, porém é comum em idosos, gestantes, pessoas com doenças neuromotoras e, principalmente, em esportistas. Os principais sintomas são dor e espasmo (contração forte do músculo), que podem durar até 15 minutos e a área acometida pode ficar dolorida até por 24 horas depois do episódio. A câimbra pode ocorrer por vários motivos, entre eles: fadiga muscular, exercício intenso, gravidez, doenças endócrinas (hipotireoidismo, diabetes), desidratação, esgotamento de reservas de magnésio e cálcio, consumo de alguns medicamentos, cirrose e enfermidades vasculares. Além dessas causas, encontram-se casos de câimbras noturnas familiares (genética), câimbras essenciais que são benignas, porém se desconhece a causa.

O que fazer?
Ao primeiro sinal de um espasmo muscular, deve-se suspender a atividade física ou o movimento que se está realizando, alongar e massagear a área afetada. Aproveitar para hidratar-se, pois a perda de líquido é a causa mais comum de câimbras em esportistas.

Se a cãibra for na panturrilha, por exemplo, deve-se alongar o músculo tibial anterior. Massagear a musculatura também é uma ótima saída, pois aumentará o calor na região e ajudará na circulação do sangue.

Alimentação e suplementação
Para prevenir as câimbras, alguns alimentos ricos em tiamina (vitamina B1), potássio, magnésio e cálcio são essenciais na dieta do esportista.

Confira opções de alimentos que irão de ajudar na hora de evitar câimbras. E não esqueça: na dúvida, consulte seu médico e suspenda o esporte que estiver praticando.

Alimentos ricos em potássio
• Amendoim cru ou torrado;
• Avelã;
• Abacate;
• Cenoura;
• Chá preto;
• Feijão;
• Nescafé em pó.

Alimentos ricos em magnésio
• Amêndoa;
• Avelã;
• Castanha-do-pará;
• Grão-de-bico;
• Soja;
• Gérmen de trigo;
• Amendoim.

Alimentos ricos em cálcio
• Leite e seus derivados;
• Brócolis;
• Farinha de peixe;
• Flocos de cereais;
• Melado de cana;
• Tremoço.

Alimentos ricos em tiamina
• Sementes de girassol;
• Ervas e especiarias (como folha de coentro, sálvia, alecrim e tomilho);
• Pistache;
• Macadâmia;
• Carne de peixe;
• Nozes.

Previna!

  • – Alongue e aqueça a musculatura antes de iniciar a atividade física;
  • – Ingira líquidos adequadamente;
  • – Se você pratica atividade física, considere tomar bebidas isotônicas;
  • – Tenha uma dieta equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>