sábado , 22 junho 2024
Você está aqui: Capa » Arte & Educação » Legalização de filhos após casamento com cidadão americano

Legalização de filhos após casamento com cidadão americano

Statue-of-libertyA falta de informação ou informação repassada de forma errada pode acarretar danos na vida de uma família. Pensando nisso a matéria é relacionado aos pais que tem filhos menores de 21 anos, dentro ou fora dos EUA.

Após estabelecido o casamento de um cidadão americano com o conjuge estrangeiro, umas das primeiras providências a tomar é regularizar o status imigratório do estrangeiro. Em muitos casos esse estrangeiro tem filho aqui nos EUA ou no país de origem e o maior desejo é poder ter o filho novamente junto ou legalizar a situação do mesmo.

Caso o filho não tenha completado o 18º aniversário, o cidadão americano poderá fazer imediatamente o Pedido de Parentesco Imediato, pois o filho do estrangeiro será considerado “Step- Child” (enteado) encaixando-se na Categoria Imediata, ou seja sem data de prioridade pré- estabelecida conforme as categorias disponíveis. Se o filho do estrangeiro tiver 18 anos e menos de 21 anos e for solteiro já não se aplica para o Parentesco Imediato, a menos que o cidadão americano seja o pai/mãe biológico. Sendo o estrangeiro o relativo imediato, o processo se prolongará um tempo maior e uma fila de espera e prioridade será estabelecidade para o processo.

É muito importante que se entenda que o VISA aqui falado não é só para entrar no país legalmente, é um número de acordo com as categorias e os critérios estabelecidos pela Imigração. E como em qualquer processo de Imigração o casal deve apresentar provas concretas e fortes de um relacionamente principalmente em relação as obrigações financeiras. O cidadão americano deverá apresentar seu imposto de renda dos ultímos 3 anos e para que não necessite de um “ Joint Sponsor”, o valor AGI deve ser acima da linha de Pobreza establecida pela a Imigração. Entenda o processo e lembre-se que uma informação errada e sem base legal pode acarretar graves danos na vida da pessoa.

Nota: A categoria mencionada nessa matéria é IR2/ CR2- 203 (a) (2) (A) INA. Caso queira ler mais sobre como ajudar seu Conjuge entre no Site Oficial da Imigração www.uscis.gov e tire suas dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top