Talita Silva Kawaguchi entrevista 202206-07 - destaque

Talita Silva Kawaguchi: Para Organizar Já

Talita Silva Kawaguchi é expert quando o assunto é organização!

Para iniciar na carreira de personal organizer, é necessário se especializar. Isso vai fazer com que você seja um profissional mais preparado para o mercado.

Quem já acompanha o trabalho de Talita pelo Instagram (@organizedbytalita e @organizeshineandtidy) sabe que a Personal Organizer tem muitas dicas para compartilhar sobre como deixar tudo em seu devido lugar e também sobre como se tornar uma professional de sucesso no ramo de organização. Quer saber mais? Confira uma entrevista exclusive com ela.

Alô Você Magazine: Como começou a sua trajetória como Personal Organizer nos EUA?
Talita: Estava olhando o Instagram de um Influencer e vi uma brasileira arrumando o armário dela; nunca tinha ouvido falar que isso era uma profissão. Fiz uma pesquisa sobre a profissão no Brasil e aqui nos EUA e entrei em contato com essa profissional, ela estava oferecendo um curso com mentoria e grupo de apoio. Quando conclui esse curso, comecei o da Marie Kondo, foram quase 6 meses de testes, entrevista, provas até eu ser aprovada a ser uma das consultoras dela. Somos 8 brasileiras e hoje eu sou uma Consultora Master do método da Marie Kondo. Além desses 2 cursos bases eu fiz e continuo fazendo vários outros cursos de especializações. Meu grande objetivo é organizar e transformar a qualidade de vida das pessoas oferecendo as melhores soluções para meus clientes.

A.V.M.: Há quanto tempo você trabalha como personal organizer?
Talita: Comecei a trabalhar exclusivamente com organização em 2018.

Talita Silva Kawaguchi entrevista 202206-07

A.V.M.: Você percebeu havia bastante abertura para esse mercado?
Talita: Trabalhei durante 14 anos anos na área de limpeza residencial e comercial aqui nos EUA. Durante esse período uma das coisas que mais atrasava o meu dia a dia era não saber onde colocar as coisas de volta para poder limpar. Eu sempre acabava fazendo um extra para as clientes e arrumando a bagunça espalhada para que eu e minha equipe pudesse limpar melhor. Mas não tinha técnica e na semana seguinte a bagunça estava toda lá de novo. Quando descobri a profissão a primeira coisa que eu fiz foi entrar em contato com as minhas ex-clientes do ramo de limpeza e oferecer o serviço de organização. O mercado é enorme e cresceu mais durante a pandemia porque as pessoas estavam em casa convivendo e enlouquecendo com a bagunça. Alám disso séries no Netflix da Marie Kondo (Tidying Up – 2019 and Sparking Joy -2021) e The Home Edit (2020/2021) fizeram o público americano ficar apaixonado pelo serviço de organização e querer contratar especialistas pra resolver o problema.

A.V.M.: O que é necessário para se tornar um personal organizer?
Talita: Para iniciar na carreira de personal organizer, primeiramente é necessário se especializar. Isso vai fazer com que você seja um profissional mais preparado para o mercado. Além disso, leia bastante sobre o assunto e entenda as técnicas principais de organização que facilitam e melhoram a vida das pessoas. Outra dica importante é, opte por cursos onde seja oferecido algum tipo de mentoria, suporte para possíveis dúvidas ou até mesmo grupos de membros.

A.V.M.: Você oferece cursos para quem deseja seguir nessa carreira. Pode nos contar um pouco sobre eles e as próximas edições?
Talita: Eu ofereci um curso presencial na Philadelphia no começo de 2021. No momento estou apenas dando mentorias particulares e planejando um curso online tendo como objetivo ensinar o aluno que através de seu trabalho ele possa auxiliar os clientes a encontrarem soluções inteligentes e funcionais para cada ambiente ou rotina. Talvez no final do verão vou dar um workshop presencial de como organizar seu armário aqui na Philadelphia.

A.V.M.: Qual a dica de ouro para quem quer uma casa, rotina e vida mais organizada?
Talita: Tenho 3 dicas de ouro:

1Planejamento: Na maioria das vezes, a bagunça não apareceu de um dia para o outro. Então, também não irá desaparecer dessa forma. É preciso ser realista e entender que talvez não seja possível arrumar a casa em um único dia. Fazer tudo ao mesmo tempo e sem programação pode trazer pressão e frustração. Por isso, defina qual cômodo irá organizar primeiro, o tempo disponível para este cômodo e prepare uma lista, ainda que mental, do que precisa ser feito.

2Desapegue-se e abra espaços: Você já ouviu a palavra “destralhar”? Pois ela é uma grande aliada para ter uma casa mais organizada. Livre-se de papéis sem utilidade, itens quebrados ou estragados ou objetos que não fazem mais sentido, como aquele enfeite que não tem mais nada a ver com a decoração da sua casa. Junte as coisas que você não utiliza mais, inclusive, roupas, sapatos e acessórios e leve-os para doação ou venda em sites e bazares de itens de segunda mão.

3Confie no seu próprio estilo de organização: faça o que funciona para você e pense na praticidade do dia a dia. Se não for funcional, a sua organização “cai por água abaixo”. Ache uma “casinha” pra tudo que você possui, cada coisa que você tem dentro da sua casa deve ter sua própria “casinha”, deve ter o seu lugar especifico. E o mais importante: Após o uso, coloque de volta o item em seu devido lugar.

Foto: Juliana Haubrich

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>